quarta-feira, janeiro 02, 2008

No metro

Hoje tive de utilizar o metro à hora de ponta, o que é caso raríssimo pois normalmente estou a trabalhar a essa hora.
Eu não sou claustrofóbica nem coisa que se pareça, mas o metro à hora de ponta é coisa para fazer (d)esfalecer uma pessoa! então se a pessoa estiver esfomeada, meus amigos, nem queiram saber.
É-se apertado, pisado, espesinhado e muitas mais coisas acabadas em -ado. Tem-se contacto físico com quase todas as partes do corpo de pessoas que não conhecemos de lado de nenhum e, valha-nos Deus, também não queremos conhecer.
Memorando: nunca mais andar de metro à hora de ponta a não ser em caso de extrema urgência.

4 comentários:

Bunny disse...

Pois é cara amiga! Agora repara, sentiste isso tudo numa hora de ponta no Inverno...... Imagina no Verão!

Baci

Meow disse...

Ai imagino, sim senhora!

Até logo, Bunny.

Rodrigues disse...

E agora imagina o que sente uma minorca de metro e meio como eu...

Ufff!

Meow disse...

Nem preciso de imaginar, Rodrigues! Eu própria sou uma minorca de metro e meio ;)