segunda-feira, agosto 28, 2006

Frases da minha vida

Vou começar a rubrica "Frases da minha vida". Nesta rubrica irei colocar aquilo a que gosto de chamar: "Frases da minha vida" que são nada mais nada menos que... Acertaram! Frases da minha vida!!!

Hoje lembrei-me de uma frase que ouvi já há uns anos, aquando da minha frequência do 10º ano na Escola C+S da Tocha (sim, eu sei que ninguém conhece mas decidi colocar o nome à mesma). Esta frase ficou-me gravada na memória, assim como na memória da minha irmã (acho) porque foi ouvida num intervalo, durante a manhã, e teve uma poesia sui generis que só uma pessoa da Gândara (re)conhece e admira!

Então aqui vai a primeira "Frase da minha vida":

" É Rubeni, ond'é que tu poste a minha mala?"

A resposta do "Rubeni" não a sei (peço desculpa pela falha). É que depois de ouvir este magnífico verso fiquei completamente cega e surda (só não fiquei muda porque as minhas gargalhadas são bastante ruidosas).

Quanto à escrita: não, não me enganei! Esta é a exacta forma escrita desta frase! Agora só cá faltava a entoação! Mas... para uma elucidação satisfatória do caro leitor era necessário um conhecimento, da minha parte, de programas de gráficos e coisas assim (como se aperceberam, não faço a mínima ideia de quais são esses programas e muito menos da forma como se trabalha com eles)! Portanto, espero os vossos comentários (mais para receber "achincalhos" por não perceber nada de computadores do que para receber congratulações por me ter ficado gravada na memória esta bela frase Gandareza. Ou será Gandarêsa que se escreve? Olha, agora já não sei).

7 comentários:

Anónimo disse...

mana,
para ti uma valente AHAHAHAHAHAHAH (gargalhada bastante sonora que deixei escapar qd li este teu post)...
lembro-me perfeitamentamente dessa bela frase, proferida num intervalo da escola...só tenho pena de não me lembrar quem foi o magnífico orador que a proferiu...talvez tu te lembres, não?
bem, confesso q esta tua nova rúbrica me está a deixar ansiosa, esperando pelas próximas frases aqui "postadas"...

bjinho de uma gandareza...

Meow disse...

Mana anónima ;),

não me lembro quem proferiu esta frase hilária mas parece-me que não é aí que reside o cherne... ai, ups... o cerne da questão!! IHIHIH

Anónimo disse...

mana,
tens toda a razão, quem a proferiu n interessa, de qq forma, a minha curiosidade fez-me questionar-te acerca da proveniência de tal construcção frásica..talvez para tentar aperceber-me, se o orador continua c o mm tipo de constucções..
hihihi

bjinho

LUIS MIGUEL CORREIA disse...

Aqui vai uma frese da minha vida, já agora:

"Ai que o cabrão cai e parte a bacia!!!!!"

dita pelo meu Avô, em panico ao chegar a casa e ver o neto de 5 anos (EU)em cima de uma árvore no jardim da fazenda. O susto propagou-se depressa e eu caí mesmo da árvore, mas não me magoei. Enriqueci o vocabulário pois não conhecia o termo CABRÃO, vi o meu Avô largar os sacos que trazia nas mãos e correr para mim vermelho de aflição...Nem te digo há quantos anos isto aconteceu, foi bem no século passado...

Meow disse...

Ahahaha!!

sushi disse...

Só posso acrescentar:

"Posso-me dizer-me onde ficam Restauradores?"

Meow disse...

Epá, realmente esta rubrica tem de continuar!!